Saiba mais sobre Micropigmentação
close

Micropigmentação

Compartilhe esse artigo:

Sabe aquela sobrancelha de atriz de cinema, perfeita, sem falhas e que parece que foi desenhada exclusivamente para aquele rosto? Então, sabemos que esse é o sonho de muitas mulheres, e até mesmo homens que desejam ter a sobrancelha perfeita.

Muitas vezes não é possível conseguir essa sobrancelha com pinça ou outros produtos, como lápis para as mesmas.

Pensando nisso, a micropigmentação veio como um procedimento para ajudar a desenhar sobrancelhas, mas a verdade é que, não para por aí.

A micropigmentação pode ser usada para além das sobrancelhas, como o contorno dos lábios e dos olhos, iluminar e corrigir falhas usando recurso de cores e espessura.

Isso ocorre num processo muito parecido com a maquiagem definitiva, através da aplicação de pigmento aos poucos, verificando assim, se está ficando natural.

Ficou curioso e quer saber mais sobre o assunto? Então não deixe de acompanhar esse texto até o final, pois, no artigo de hoje, vamos falar tudo sobre micropigmentação. Preparado? Vamos lá.

O que é a micropigmentação?

Muitas mulheres sonham em ter sobrancelhas bem definidas e preenchidas sem precisar gastar o tempo precioso com produtos de maquiagem para conseguir isso, por esse motivo que a procura pela micropigmentação aumentou.

Por definição, a micropigmentação é a implantação de pigmento na pele, e normalmente esse procedimento é mais recomendado para quem possui falhas na área dos olhos, boca ou sobrancelhas.

Como funciona a micropigmentação?

Atingindo a camada superficial da pele, a micropigmentação funciona como uma tatuagem com tempo determinado, que pode durar de seis meses até um ano, dependendo sempre de cada pessoa.

Isso depende, pois cada pessoa tem uma sensibilidade diferente na pele e no pós-cuidado, dessa forma, para conseguir chegar ao desenho perfeito para cada tipo de rosto, a técnica é feita com estudo das formas e linhas do rosto.

Essa técnica se baseia no visagismo, ou seja, ela destaca as qualidades inferiores de acordo com as características físicas ao utilizar recursos estéticos, como maquiagem.

O procedimento é feito usando um dermógrafo, desenhando os pelos na espessura certa e tom ideal para cada pessoa, esse dermógrafo é um aparelho que permite alcançar bastante precisão, sendo um aparelho de última geração.

Em outras palavras, o profissional faz o desenho de acordo com as medidas do rosto e se o cliente aprovar esse desenho, é realizado a aplicação de anestesia tópica na área para começar a implantação de pigmento.

A realização da micropigmentação costuma durar entre 1-2 horas.

Tipos de micropigmentação

A micropigmentação pode ser dividida em duas categorias, sendo elas:

  • Estética
  • Paramédica

As duas possuem o mesmo fim, mas o que as separam por categorias são os motivos pelos quais o processo é realizado.

Estética

A micropigmentação estética, como o nome mesmo diz, ela contempla o processo de implantação de pigmento na pele por motivos unicamente estéticos, dependendo da vontade do paciente e da autorização do profissional responsável e capacitado.

Paramédica

Já a paramédica, normalmente, é realizada em decorrência de indicação médica, ou seja, para corrigir falhas na região dos olhos, sobrancelhas ou ao redor da boca, como flacidez, queimaduras, dentre outros fatores.

Contraindicações para a realização da micropigmentação

Existem poucas contraindicações para esse procedimento, pois quase todas as pessoas que precisam ou querem, podem realizar a micropigmentação, exceto as pessoas que estão com anemia ou possuem marca-passo.

Além disso, é contraindicado para grávidas, pessoas com doenças de pele que estejam em tratamento e diabéticos não controlados.

Mas, de qualquer maneira, vale ressaltar que antes de qualquer procedimento, é preciso passar por uma avaliação médica para saber se realmente não existe algum impedimento para a realização da técnica.

Materiais utilizados para a micropigmentação

Como dito anteriormente no texto, a micropigmentação utiliza um aparelho chamado dermógrafo que é muito usado para trabalhos sensíveis e delicados, através da aplicação de pigmento por agulhas feitas exclusivamente para esse fim.

Esse aparelho trouxe uma evolução no processo dessa técnica, que antes era mais agressiva e deixava marcas permanentes na pele.

Profissionais que podem realizar a micropigmentação

Somente profissionais qualificados e capacitados devidamente podem fazer esse procedimento, como especialistas em micropigmentação e designers de sobrancelhas.

Por ser uma técnica que ainda não existe uma forma de reverter, é importante escolher um bom profissional, conhecer bem o seu trabalho, evitando, desta forma, inseguranças e problemas durante o procedimento.

Cuidados antes e após a micropigmentação

Não é necessário nenhum cuidado antes de realizar o procedimento, e após o mesmo são necessários poucos cuidados.

O uso de um produto que ajude na cicatrização por pelo menos 3 dias basta para ter o pós-cuidado ideal na aplicação de pigmentos na boca, sobrancelha ou ao redor dos olhos.

Além disso, é indicado a hidratação da área com uma pomada indicada apenas pelo profissional que realizou o procedimento, sendo importante também evitar esfregar a área e não usar ácidos ou produtos clareadores por pelo menos uma semana.

Se possível, evite suar no rosto, pois é ácido e pode clarear a região da aplicação, por isso, pegar sol também não é recomendado durante cinco dias seguidos.

Técnica de micropigmentação fio a fio 3D

A técnica de fio a fio 3D foi criada a 10 anos, e funciona com o uso de várias agulhas de espessuras diferentes para causar um efeito de fios sobrepostos e mais parecidos com os naturais.

Sendo ótimo para quem gosta de um efeito mais discreto no rosto, os fios podem ser desenhados detalhadamente um a um com o dermógrafo, imitando a grossura e tonalidade originais dos fios.

Micropigmentação na boca

Essa é uma ótima alternativa para quem deseja conseguir um efeito mais volumoso nos lábios sem precisar realizar um preenchimento mais agressivo.

Sendo feito com o auxílio do dermógrafo também, o resultado fica super natural e bonito pois, essa técnica, costuma contornar os lábios de forma natural e preencher uma cor que se aproxima da cor da pele do paciente.

Além de ser indicado para causar um efeito mais volumoso, a micropigmentação nos lábios serve para rejuvenescer também.

Micropigmentação X Microblanding

Atualmente, não podemos falar de micropigmentação sem falar de microblanding, pois ele também é um procedimento para concertar as falhas da sobrancelha através da pigmentação.

Mas, no caso do microblanding, ele é realizado com um aparelho diferente do que é utilizado na micropigmentação, e esse aparelho se chama Tebori, é um indutor manual parecido com uma caneta.

A opinião de alguns profissionais da área é de que, esse procedimento, acaba sendo mais agressivo para a pele do paciente, pois diferente da micropigmentação, ele atinge uma camada mais profunda da pele.

Isso ocorre pois na micropigmentação o dermógrafo é usado permitindo uma maior precisão, e no microblanding isso não é possível.

De qualquer maneira, o resultado pode sim ser bom, mas vai depender da técnica do profissional, mesmo os riscos sendo maiores.

Dúvidas mais frequentes sobre a micropigmentação

Agora, vamos falar sobre as dúvidas mais frequentes sobre esse procedimento e, quem sabe assim, ajudar você a tirar suas dúvidas também, certo? Então, vamos lá.

1. Existe mais de um efeito de micropigmentação?

De certa maneira sim, é possível conseguir o efeito que a cliente desejar nas sobrancelhas, pois a micropigmentação normalmente trabalha com 6 tipos de técnicas, sendo elas:

  • A compacta, que deixa as sobrancelhas com um aspecto mais marcado;
  • Shadow, que dá um efeito mais leve de maquiagem;
  • Ombré, que pode ser mais caro em alguns pontos;
  • 3D, que desenha os fios de forma simétrica e assimétrica, dessa forma causando um efeito leve de sombreado ao fundo;
  • Fio a fio, onde os fios são feitos exatamente na mesma direção dos pelos já existentes, dessa forma provocando uma ilusão mais cheia na sobrancelha;
  • Mix, que é uma combinação da técnica fio a fio com a shadow;

2. A micropigmentação pode ser realizada em qualquer tonalidade?

Sim, o procedimento usa o pigmento com a tonalidade exata das suas sobrancelhas, ou da área em que for realizada a técnica.

Existem vários tipos e cores de pigmentos, tanto orgânicos, quanto inorgânicos, por isso, para dar um ar natural, o profissional deve sempre analisar a cor da pele, dos cabelos e da própria sobrancelha natural.

3. É possível fazer um desenho diferente ao da minha sobrancelha natural?

Mesmo existindo vários efeitos para realizar a micropigmentação, é recomendado seguir o formato das suas sobrancelhas e rosto, deixando assim mais harmonioso.

Por isso, antes do procedimento, é feito um desenho a lápis na sobrancelha para aprovação do cliente e se, caso necessário, ajustar alguns detalhes.

4. É possível fazer micropigmentação mesmo sem sobrancelhas?

Sim, essa técnica é indicada para quem não possui mais fios nessa área, e para seguir um desenho ideal, o profissional vai se basear nas medidas do seu rosto e cor do seu cabelo.

5. É necessário realizar retoques?

Normalmente o efeito da micropigmentação dura bastante, em média, de 6 meses até 2 anos, não sendo necessário retoque ao longo desse tempo.

6. É necessário continuar tirando os pelos da sobrancelha?

Sim, limpar os pelos que crescem fora do desenho da sobrancelha é necessário, como se fosse uma limpeza dos pelos.

Conclusão

No artigo de hoje, pudemos ver mais sobre a micropigmentação e tudo que ela contempla, além de tirar várias dúvidas sobre o assunto.

Essa técnica é o sonho de muitas pessoas e é possível realiza-la de forma segura e eficaz, trazendo vários benefícios ao paciente, como a tão sonhada sobrancelha, aumentando a autoestima.

expand_less
Icone mensagem

Baixe o Aplicativo, acesse seus cupons com facilidade e receba descontos exclusivos.

Feito com carinho para você achar os melhores tratamentos.